November 9, 2018

Please reload

Posts Recentes

É hora de criar um cargo executivo dedicado à requalificação dos colaboradores.

October 4, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Ler pessoas no local de trabalho: linguagem corporal

January 18, 2018

Estamos todos familiarizados com o cenário - estamos no escritório e alguém está a dizer uma coisa, mas temos a sensação de que estão a pensar noutra. Mas como podemos perceber o que eles estão a pensar e se coincide com o que eles estão a dizer?

 

Uma ótima ferramenta para entender as intenções é através dos sinais corporais. Subconscientemente, já lemos pistas físicas, mas se pudermos tomar conhecimento delas e aprender a interpretá-las, então iremos melhorar as nossas hipóteses de alcançar os nossos objetivos profissionais.

 

Se é um líder de uma grande equipa ou pretende melhorar a sua capacidade de comunicar com os colegas, ser capaz de ler a linguagem corporal ajuda a superar conflitos no trabalho e melhora a comunicação. Além disso, se podermos interpretar a linguagem corporal, aumentamos a nossa inteligência emocional e consequentemente, a empatia.

Uma ótima maneira de começar a entender o idioma corporal é reparar em si. Examine a sua postura e veja como se sente. Quando se sente confiante, geralmente repara nisso. Esta autoconsciência pode então ser aplicada à sua competência social.

 

Definição da linguagem corporal

 

Simplificando: a linguagem corporal é uma forma de comunicação. Apenas 7% da comunicação se baseia no que realmente dizemos, enquanto 55% diz respeito ao que transmitimos através da linguagem corporal. Escusado será dizer que ler as intenções de alguém é muito mais fácil de fazer quando sabemos o que seu corpo está a dizer.

 

Podemos ler com sucesso a linguagem corporal através de:

 

1) Contato visual

 

 

Se pensar na infância, e mesmo agora, é realmente difícil mentir a alguém e fazer contato visual, especialmente por mais de um segundo ou dois. No entanto, isto está enraizado em nós desde que éramos crianças, logo, as pessoas muitas vezes evitam fazer contato visual ao ponto de ficar desconfortável ou até mesmo estranho. Se estiver a falar com alguém que está a olhar para baixo ou quase sem pestanejar, poderá ser um sinal de alerta de que estão a tentar esconder algo.

 

2) Inclinar a cabeça

 

Um sinal de cabeça de vez em quando indica que alguém está a ouvir e a concordar consigo. No entanto, a inclinação excessiva é completamente diferente. Isto indica ansiedade. E também pode significar que a pessoa está à procura da sua aprovação.

 

3) Braços cruzados e pernas

 

Isto sinaliza uma barreira física. Braços e pernas cruzadas enviam a mensagem de que estão a evitar o contato mental ou emocional. As pessoas estão “fechadas” e não querem comunicar. Tal como a maioria das pistas do corpo, isto não é intencional e é por isso que é tão revelador. Esta pessoa provavelmente está resistente às suas sugestões.

 

4) Postura

 

Todos sabemos como é um líder. Quando eles entram numa sala, caminham de forma confiante e muitas vezes parecem ocupar muito espaço físico. Em poucas palavras, parecem confiantes. Os nossos cérebros estão formatados para associar a autoridade com a quantidade de espaço que uma pessoa ocupa. Da mesma forma, a má postura implica menos poder. Alguém cujo corpo parece estar a colapsar sobre si mesmo, ocupa menos espaço e parecem ter pouca influência. Por outro lado, um líder controla o respeito com a boa postura. Esta é uma maneira fácil de entender o que as pessoas pensam de si mesmas.

 

5) Espelhar comportamentos

 

Já esteve numa reunião com alguém que está constantemente a copiar os seus movimentos? Isto é uma coisa boa. Significa que sentem um vínculo consigo, que estão envolvidos na conversa e melhor ainda que estão interessados ​​nas suas ideias. Este é um conhecimento útil quando está a negociar um acordo porque diz como a pessoa realmente sente sobre o que está a dizer.

 

Embora não consiga ler os pensamentos exatos de alguém, pode aprender muito com a sua linguagem corporal. Isto é especialmente verdadeiro quando as palavras não combinam com os movimentos corporais. E sejamos sinceros, todos nós temos um sexto sentido para algumas destas coisas. Inconscientemente, está na nossa génese este instinto de sobrevivência, desde há milhares de anos atrás.

 

 

Nota: Nem todos estes comportamentos significam sempre alguma coisa. Por vezes, estamos a ser somente “humanos”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload